Conto “A Menina e as Duas Maçãs”.

Uma Garota segurava em suas mãos duas maçãs. Seu Pai entrou e lhe pediu com uma voz Doce e um belo Sorriso:

– Querida, Você poderia dar uma de suas maçãs para o Papai?

A Menina levanta os olhos para o seu Pai durante alguns segundos, morde subitamente uma das maçãs e logo em seguida a outra.

O Pai sente o seu rosto esfriar e perde o Sorriso. Ele tenta não mostrar sua decepção quando a Filha lhe dá uma de suas maçãs mordidas. A Pequena olha para o seu Pai com um Sorriso de Anjo e diz:

– A mais doce é esta!

Pouco importa quem nós somos, que tenhamos experiência, que sejamos Competentes ou Sábios. Esperemos para fazer nossos JULGAMENTOS. Vamos dar aos outros o privilégio de poderem se explicar. Mesmo que a ação pareça errada, o motivo pode ser bom.

Em poucas linhas de narrativa, este Conto moderno nos leva a refletir sobre os “julgamentos”. Embora inevitáveis, precisamos observar com mais Atenção quais tipos de sentenças estamos atribuindo a estes “julgamentos”, ou melhor, aos “pré-julgamentos”.

Dentro da nossa sociedade, com toda diversidade que nela existe, é importante sabermos o que julgar, quando julgar e como julgar. Nossa linha interna do que é Justo precisa de regulagem com frequência, caso contrário, tudo o que não seja coerente com o que pensamos estará sujeito a dolorosos “julgamentos”, como o do Conto acima.

Precisamos observar caso a caso, mudar a forma de enxergar cada um deles e aplicar, sempre que possível, a Virtude da Empatia, pois no momento em que nos vermos livres de “julgamentos” e/ou “pré-julgamentos”, nos transformaremos em Bondade, Justiça e Beleza. Por isso, antes de julgar vamos parar, pensar e repensar. Nem todo “julgamento” é Justo. Nem todo julgado é culpado!

Vamos pensar nisso!

Pesquise sem sair da publicação

Artigos mês
fevereiro 2024
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829  
Siga o nosso instagram

Compartilhe com quem você quer o bem

Talvez você goste também

Deixe um comentário e faça parte da conversa!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, de acordo com a nossa Política de privacidade . Ao continuar navegando, você concorda com o uso de cookies.

Escute músicas enquanto navega em nosso site.