Tempo de leitura: aproximadamente 7 minutos

“Ó Narayana, olha, eu olhei, maravilhei-me… Os homens são minas, os homens são minas preciosas. Ó Rama, julgaste que o escuro era mau? Vês tudo o que acontece e amparas todas as criaturas.  Vi que o céu era impermanente e que o próprio inferno não perdurava. Descobri que o tempo de cada existência é apenas...

Você precisa se conectar para ver este conteúdo. (Cadastre-se aqui.)

Pesquise sem sair da publicação

Ouças nossa playlist enquanto navega pelo site.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, de acordo com a nossa Política de privacidade . Ao continuar navegando, você concorda com o uso de cookies.