(Créditos: Cadê meu Santo)

Setembro é um mês de diversas datas comemorativas, cada uma com uma origem diferente da outra. Temos o 7 de setembro no início do mês, o equinócio de primavera no dia 21, e no dia 26, o dia de São Cosme e Damião. Dependendo da região em que você cresceu, provavelmente deve se lembrar de ganhar nesta data um saquinho repleto de balinhas e doces. Talvez nem entendesse qual era a relação entre esses presentes e o dia de um santo, neste caso, desses dois santos. Agora vamos lhe explicar.

(Créditos: Elo7)

São Cosme e Damião, cujos nomes verdadeiros eram Actas e Passio, eram irmãos gêmeos e médicos. Algumas histórias contam que os irmãos possuíam o dom da cura, de exercer a medicina, e começaram desde crianças a curar os enfermos. Por não aceitarem dinheiro como pagamento pelo exercício dos seus dons, os adultos davam doces aos gêmeos como retribuição. Um pouco mais velhos, por volta dos 17 anos, foram condenados pelo Imperador Diocleciano à morte, tornando-se mártires e santos. Até hoje os irmãos são padroeiros das crianças, dos gêmeos e também dos médicos e farmacêuticos. Curiosamente, um dia após a comemoração cristã desses santos, no dia 27 de setembro é comemorada a mesma data pelo candomblé e umbanda. Os nomes são diferentes, porém a ideia é a mesma. Os orixás Ibejis também são irmãos gêmeos, amigos das crianças e auxiliam na cura de enfermidades. Em suas festas religiosas, eles trazem alegria, gostam de doces, frutas e guloseimas.

(Créditos: Cadê meu Santo)

Este fato, de religiões tão diferentes, terem pontos em comum, acontece quando existe convivência das duas culturas numa mesma região, em uma mesma época. No nosso período colonial, esse sincretismo religioso foi muito forte, quando os escravos africanos chegaram com sua tradição e religião preservadas em suas mentes e corações, porém, sem ter mais acesso aos seus templos e símbolos, o candomblé e a umbanda passaram a utilizar símbolos católicos para os seus cultos. Essa mistura fez com que uma religião incorporasse elementos da outra, e assim surgiram as religiões afro-brasileiras.

Esta é apenas uma das tantas datas comemorativas que celebramos de nossa cultura, mas raramente entendemos o porquê por trás das tradições. Todas as religiões tem a sua Beleza, a sua Sabedoria e a sua riqueza, por isso devemos buscar nos aprofundar nos seus símbolos para compreender os seus significados. Somente assim, poderemos viver de uma forma mais consciente toda essa diversidade cultural e religiosa que existe em nosso país. Quanta cultura e história não podemos aprofundar numa “simples” data comemorativa? Os dias 26 e 27 de setembro se aproximam, caso seja religioso, distribua os doces às crianças nestes dias pensando no papel cumprido pelos irmãos gêmeos no século IV D.C. Caso não faça parte de sua tradição pessoal, distribua os doces mesmo assim! Além de alegrar uma criança, você contribui para a continuidade da história!

Pesquise sem sair da publicação

Artigos mês
fevereiro 2024
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829  
Siga o nosso instagram

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, de acordo com a nossa Política de privacidade . Ao continuar navegando, você concorda com o uso de cookies.

Escute músicas enquanto navega em nosso site.