Certo dia resolvi pensar como um Alquimista e me perguntei: Como pode ser feito o “Pai Ideal”? Peguei um grande tubo de ensaio e comecei assim:

Juntei um escudo e uma espada, afinal ser Pai é a maior aventura que existe.

Se Você está pronto para ver o seu “grande amor” sofrer e em muitos casos não poder fazer nada, além de chorar junto e oferecer o peito aberto, então você tem o que é preciso: dois terços de Coragem!

Misturei então, com uma boa dose de Responsabilidade.

Pai que se preze sabe que “missão dada é missão cumprida”… E então se dedica 24 horas à maior missão de todas: amar alguém tão profundamente que ele mesmo precisa se tornar um pouco melhor a cada dia.

Acresci um tantão assim de Sacrifício.

Quem é Pai sabe que isto significa abrir mão daquele programinha de sexta para assistir Frozen 2 pela décima vez e ainda gritar “minha intuiiiçãããoooo”… “Minha intuiiiçãããoooo”… Assim, desafinado mesmo.

Joguei dentro um nariz de palhaço.

Pai tem que ser meio circense, tem que ter aquela Magia de tirar um sorriso do rosto da filha, ou do filho, nas horas mais chatas, mais tristes, em que só contamos com a capacidade de rir de nossas pequenas misérias.

Quebrei uma batuta de maestro em três pedaços e coloquei lá também.

Todo Pai é um Professor, um Maestro de uma orquestra, que guia a “sinfonia da vida” de seus filhos, transmitindo-lhes as lições que aprendeu com os Antigos, mas dando espaço para que eles criem as suas próprias músicas.

Achei aquilo tudo muito Bonito… Dentro do tubo de ensaio, parecia que tinha achado a “receita perfeita”!

Mas, no fundo… Eu senti que faltava algo. Então, meio sem querer, polvilhei umas pitadas de impaciência, insegurança, medo, preconceito, intolerância.

Achei que tinha arruinado tudo…

Foi aí que percebi uma coisa maravilhosa! Ser o “Pai Ideal” também significa errar, e isto é necessário. Ser o “Pai Ideal” não é ter perfeição, isto não é possível e nem deve ser.

Para que juntos, Pai e filha, Pai e filho, possam crescer e se tornar as melhores versões de si.

Talvez seja este o maior presente que todos os Seres Humanos podem receber desta relação: a oportunidade de revelarem um pouco mais do Mistério do Amor, da Bondade e da Justiça!

Ah… E se por qualquer motivo Você pensar que o Pai desta receita não existe…

Veja o vídeo mais uma vez, preste atenção nos ingredientes e, talvez reconheça alguém que sofre com Você, que o ame profundamente, que o coloque sempre em primeiro lugar, que o faz rir quando Você precisa, que o ensine várias lições para que Você enfrente o dia a dia, e com quem Você cresce e amadurece, enfim, que o faz FELIZ! Reconheceu alguém? Reconheceu o seu próprio PAI na receita?

Se isto acontecer… Abra um grande sorriso, agradeça à Vida, porque “Pai Ideal” de Verdade é PRESENTE…

Pesquise sem sair da publicação

Artigos mês
fevereiro 2024
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829  
Siga o nosso instagram

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, de acordo com a nossa Política de privacidade . Ao continuar navegando, você concorda com o uso de cookies.

Escute músicas enquanto navega em nosso site.