Tempo de leitura: aproximadamente 5 minutos

Se você teve acesso a televisão, site de notícias ou mídias sociais nos últimos meses, é muito provável que você conheça Juliette Freitas, a mais nova milionária do Brasil. Para quem ainda não sabe do que estamos falando, Juliette participou da 21° edição do Big Brother Brasil (BBB) e consagrou-se vencedora do reality com mais de 90% dos votos.

Registrando mais 28 milhões de seguidores nas redes sociais, a jovem paraibana conquistou o Brasil graças a sua autenticidade frente aos problemas ocorridos ao longo do programa. Seu destaque veio, inicialmente, devido a uma briga por causa da forma que Juliette falava, característica do povo nordestino. Não pretendemos destacar as polêmicas ocorridas ao longo do meses, mas o que marcou esse momento foi a atitude de Juliette frente às adversidades, uma vez que manteve-se com os pés firmes em suas raízes e não permitiu-se levar pelas críticas dos demais participantes. Não por acaso, também foram destacados os símbolos usados pela participante que fazia parte da sua Identidade.

Um deles, e talvez o mais conhecido, foi o cacto. A planta, que é rotineiramente encontrada no nordeste, foi utilizada pela assessoria da participante e tornou-se o nome para designar os fãs de Juliette. Para além disso, a escolha do cacto foi assertiva por não remeter-se apenas ao fato de Juliette ser de um estado do nordeste, mas por demonstrar que é tão resistente e forte quanto um cacto florescendo no sertão.

O cacto é uma planta forte. Podemos perceber isso só de observar seus espinhos e sua aparência dura, resistente. Não é para menos: ele é próprio de uma das regiões mais áridas da terra, com pouca disponibilidade de água. Eles podem resistir mais de seis meses sem nenhum tipo de rega, o que parece, num primeiro momento, surreal para uma planta. Além disso, o cacto é um símbolo marcante para quem vive no sertão, pois representa a força de quem vive o dilema da seca. 

Além disso, o cacto tem espinhos afiados, que impedem os animais de usá-lo como alimento. Um sistema de defesa natural quando exposto a um habitat que exige dureza. Apesar disso, os cactos não perdem sua essência de planta e dão flores, mostrando que a Beleza também se expressa apesar das dificuldades. 

Esse aspecto, que aparentemente é visto como inconveniente, nada mais é do que um mecanismo de defesa. O cacto usa espinhos, os Seres Humanos podem usar do humor, da extravagância e de outras estratégias para sobreviver. Isso não anula nosso lado Humano, que revela o que somos em essência e que, apesar de não demonstrarmos a todo momento, está apenas aguardando um momento para desabrochar. 

Talvez você conheça uma pessoa assim: que seja direta em sua fala, demonstre raramente sentimentos e que esteja acostumada a trabalhar com poucos recursos. Mas nada disso se compara ao Coração e a Generosidade dela. Isso porque as circunstâncias, por mais adversas que sejam, não são capazes de roubar o que verdadeiramente somos. É aí que reside nossa Autenticidade, ou seja, a capacidade de sermos nós mesmos independente da circunstância. 

Infelizmente essa é uma Virtude pouco apreciada em nossa sociedade. Basta observarmos o modo como lidamos com as notícias e opiniões que escutamos diariamente: muitas vezes nem paramos para analisar o que está sendo dito, mas tendemos a concordar – ou discordar – apenas em saber quem está emitindo aquela opinião. Abrimos mão de pensar e ligamos um piloto automático, que decide como vamos nos comportar a partir do que um grupo ou uma pessoa determina.

Esse é o famoso “efeito manada”. Seu conceito, em linhas gerais, apresenta-o como um fenômeno psicológico em que a pessoa tende a se comportar de maneira semelhante a um grupo que lhe agrada, sem pensar ou discernir se aquela atitude é boa ou ruim. O efeito manada pode ser observado em diferentes ambientes sociais, desde uma discussão na internet até assistindo um jogo de futebol. Quando, por exemplo, uma torcida começa a vaiar um jogador ou a xingar o árbitro da partida, é comum que as pessoas que torcem para o mesmo time imitem esse comportamento, mesmo considerando que ele é errado. Isso ocorre porque nos identificamos com um grupo e queremos pertencer a ele, logo, imitamos seus gestos e expressões para nos incluir.

Levando essa ideia para a lógica do Reality Show, em que um grupo de pessoas está trancada em uma casa, o efeito manada é uma atitude comum para não ser excluído do convívio social. Juliette, entretanto, enfrentou essa tendência por não abrir mão de quem era e de suas origens, mostrando-se uma pessoa de fibra e convicção em sua cultura. Sua atitude frente às situações com outros participantes provou que não precisamos abrir mão de nossos Princípios e raízes para fazer parte de um grupo. Nossas ações, quando não ferem o direito do outro, não devem ser menosprezadas ou excluídas pelo fato de não fazerem parte do “comum” ou “aceitável”.

A capacidade de se reconhecer e perceber que a atitude da maioria do grupo era nociva fez com que Juliette fosse um ponto de consciência dentre os participantes. Partindo desse ponto de vista, seu sucesso é explicado por fazer com que não apenas os nordestinos, mas qualquer pessoa que busque viver de maneira Autêntica tivesse um referencial. Em um mundo em que lutamos para nos encaixar, parece-nos que exemplos como o de Juliette se fazem cada vez mais necessários.

Sejamos, portanto, Seres Humanos Autênticos. Se buscarmos encontrar nossas verdadeiras raízes perceberemos que há em nós algo que não pode ser tomado: nossa Natureza. Para isso é preciso vencer o efeito manada, não deixarmos cair na ilusão de que seremos sozinhos, excluídos e não compreendidos se não seguirmos o que o “nosso” grupo nos diz. Talvez, em um mundo cheio de defeitos e deturpações, não ser compreendido seja uma das melhores situações para a nossa Alma. Sendo assim, que busquemos reconhecer nossa Identidade e saber quem somos, pois só assim não estaremos à mercê das circunstâncias.

Pesquise sem sair da publicação

Artigos mês
abril 2024
STQQSSD
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930 
Siga o nosso instagram

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ouças nossa playlist enquanto navega pelo site.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, de acordo com a nossa Política de privacidade . Ao continuar navegando, você concorda com o uso de cookies.