Você já ouviu falar no maestro Arturo Toscanini, um dos mais aclamados músicos do século XIX e XX? Toscanini conduziu grandes orquestras nacionais em turnês por todo o mundo, e foi homenageada e reconhecido como um dos melhores maestros inúmeras vezes. Certa vez, durante uma entrevista, Toscanini foi questionado sobre como conseguia executar tão bem o papel de conduzir uma orquestra com centenas de pessoas. A resposta foi: “quando eu descasco laranjas, eu descasco laranjas”.

Que curiosa resposta a do maestro, não? Qual a relação entre descascar laranjas e conduzir uma orquestra? E o que isso tem a ver com o tema do nosso vídeo abaixo, “O Poder do Agora”? Simples, tem tudo a ver!

A grande lição que Toscanini traz para a gente, é de que tudo o que ele fazia, ele se dedicava inteiramente, ficava de corpo e alma presente. Quando ele descascava laranjas, ele não fazia mais nada a não ser ficar com a mente presente no ato de descascar laranjas. Quando nós descascamos laranjas, fazemos o ato mecanicamente com as nossas mãos, mas a mente está longe, pensando numa pessoa, numa conta a pagar, no que vai comer mais tarde, em qualquer assunto, menos na laranja que as mãos descascam. Ao exercitar esse ato de viver o momento presente de corpo e alma, por mais simples que seja a atividade que você esteja fazendo, você consegue transpor esse estado de consciência, de vivência plena, para qualquer situação da vida. Por isso que, descascar laranjas ajudou Arturo Toscanini a reger orquestras da melhor forma possível, pois, ao reger a orquestra, a mente dele estava focada exclusivamente no ato da regência, e em mais nada.

Costumamos fazer tudo à nossa volta, das atividades simples às complexas, com o pensamento em outro foco. Cozinhamos pensando no dia de amanhã, dialogamos com uma pessoa pensado em quando estivermos em casa dormindo, dormimos pensando em quando acordarmos… Nunca estamos focados no presente, o que é uma pena, porque deixamos de apreciar a importância do agora. Deixamos de viver o momento presente, em toda sua beleza, para viver na fantasia do amanhã. Chamamos de fantasia, pois não temos como prever como será o amanhã. Perdemos a oportunidade de viver o agora, e sofremos porque não conseguimos ter certeza sobre o futuro.

Se valorizarmos mais os momentos presentes, sentiremos mais plenitude e menos sofrimento, pois o futuro chegará de forma natural, sem expectativas, sem ilusões. E nós o aproveitaremos da melhor forma, pois quando ele chegar, será o presente. Recomendamos que faça um teste durante uma semana, nas atividades mais básicas e corriqueiras: tente se concentrar naquilo que faz, e sempre que vir um pensamento sobre “mais tarde”, “amanhã”, ou “quando estiver em casa”, tente cortá-lo, e voltar ao que está fazendo naquele momento, como se não houvesse mais nada no mundo, a não ser você e “suas laranjas”.

Assista o vídeo, faça o teste e descubra o poder que envolve viver o agora!

Pesquise sem sair da publicação

Artigos mês
fevereiro 2024
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829  
Siga o nosso instagram

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, de acordo com a nossa Política de privacidade . Ao continuar navegando, você concorda com o uso de cookies.

Escute músicas enquanto navega em nosso site.