A crítica é algo muito presente em nossas vidas. Diariamente recebemos e “doamos” altas doses de críticas. Temos um post anterior aqui no site, Como Lidar Com Críticas, que trata da ideia de como podemos lidar com as críticas que recebemos, mas, e quanto ao ato de criticar? Como podemos nos relacionar melhor com isso?

Os diferentes papéis que exercemos em nossa vida, como pais, filhos, funcionários, amigos, exigem de nós que façamos elogios, comentários, e sugestões. O problema é que, às vezes, não sabemos a melhor forma de fazer isso, e muitas vezes, o que deveria sair como um simples conselho acaba soando como uma dura crítica.

Primeiro, precisamos refletir antes de criticar. Qual o motivo desse meu comentário, ou pensamento? É apenas hábito de achar ruim todos os pontos de vista diferentes do meu? É só porque gosto de opinar? É porque fui criticado antes e essa é a minha resposta? Vivemos sempre com uma “crítica na manga” esperando a hora certa para falar aquilo que estava guardado, e usamos como desculpa para o nosso ataque a famosa “crítica construtiva”, que de construtiva só tem o nome.

Naturalmente, nossa mente fica com pensamentos circulares de crítica. Entramos num local, e antes mesmo de curtir o lugar ou de conhecer as pessoas, já avaliamos tudo o que desgostamos do ambiente. Então, precisamos aprender a cortar esse tipo de pensamentos. Sempre que vier uma forma mental do tipo: “isso não vai funcionar”, devemos cortá-la e substituí-la por: “paciência, apenas aproveite o momento”. Temos que ter intenções claras e limpas, só isso garantirá que a crítica seja bem entendida e aceita.

Se conseguirmos cortar nossos pensamentos negativos ante a vida, no momento de fazer uma crítica que seja necessária, ela sairá limpa, sem rancor ou desprezo, fazendo com que a pessoa criticada não se sinta mal ou ofendida.

Luciano Pires, no seu podcast, “Cafézinho”, dá 8 dicas de como podemos fazer uma crítica ser bem aceita. Afinal, se estamos criticando com a melhor das intenções, quanto mais clara a forma, mais bem aceita será a crítica.

Escolhemos duas dicas para enfatizar a importância delas, as demais você pode conferir ouvindo o podcast abaixo! Dá só uma olhada:

1 – EmpatiaAo fazer uma crítica, seja empático, coloque-se no lugar do outro, do criticado. Imagine-se na posição daquela pessoa, o que ela está passando, como você se sentiria se estivesse ouvindo aquelas palavras daquela forma, como foi o dia dela, como deixá-la motivada… Esse tipo de reflexão antes da crítica ajuda para que as palavras machuquem menos, e para que saibamos a forma mais justa de relacionamento com o outro. A empatia é crucial nesses momentos, pois normalmente os defeitos do outro que mais nos incomodam, são os que temos dentro de nós. É o que podemos chamar de “efeito espelho”, pois vemos a nós mesmos, observando os outros. E, ao se colocar no lugar da outra pessoa, fica mais fácil de ver a solução para nós mesmos.

2 – Use o humor.O uso do humor é uma chave excelente para uma boa relação crítico/criticado. Lembrando que humor não é fazer piada da pessoa, mas sim deixar o astral da conversa mais leve, quando necessário, dar um sorriso e saber rir de si mesmo. Por exemplo, quando se está dando conselho a um funcionário que cometeu um erro, uma forma de aconselhar com humor é comentar de uma gafe similar que você mesmo cometeu numa situação parecida. Dessa forma, você mostra que é humano, que também comete erros, e ajuda a pessoa a ver que ela pode facilmente superar a sua falha.

Existem muitas outras dicas interessantes, que vale a pena conferir, mas o mais importante, e que fará toda a diferença é: antes de criticar, reflita!

Podcast postado originalmente Portal Café Brasil

Pesquise sem sair da publicação

Artigos mês
fevereiro 2024
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829  
Siga o nosso instagram

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, de acordo com a nossa Política de privacidade . Ao continuar navegando, você concorda com o uso de cookies.

Escute músicas enquanto navega em nosso site.