Todo mundo tem uma história de vida para contar, mas há algumas que merecem não apenas serem compartilhadas e eternizadas como símbolos de vitória e superação. A vida do americano Chris Gardner é uma dessas, que, de tão inspiradora, ganhou as telas do cinema através do filme “A Procura da Felicidade”. No longa-metragem, o ator Will Smith interpreta a vida de um obstinado homem que busca um bom emprego para sustentar a sua família e passa, junto com o seu filho pequeno, por várias adversidades, mas não perde a fé em dias melhores. O filme é baseado no livro homônimo escrito pelo próprio Chris Gardner, lançado em 2006,  que conta a belíssima trajetória rumo ao sucesso.

Para ter uma melhor compreensão do que vamos abordar nesse texto, recomendamos que assista ao trailer do filme, que pode ser visualizado logo abaixo.

Voltando ao contexto da história, a vida de Chris não começa em sua superação. Nascido em 1954, em Milwaukee, Wisconsin, sua infância foi marcada por uma série de desafios que  forjaram o seu caráter. Podemos citar como exemplo a separação dos seus pais quando ainda era muito jovem, o que fez Chris ser criado por parentes durante parte de sua infância. Com poucas oportunidades, logo após sua formação escolar, o hoje grande empresário tentou seguir carreira militar, chegando a servir na marinha. Porém, após cumprir o tempo de serviço obrigatório, Chris não seguiu nas forças armadas e passou a lutar fortemente para sobreviver em meio ao sistema americano.

Sabemos que no mundo atual se manter vivo é uma questão um tanto quanto difícil. A luta pela sobrevivência em seu nível básico ainda é dura para grande parte da população. Com pouca instrução, sobreviver numa sociedade de consumo como a americana não é tarefa fácil para ninguém, principalmente para um pai de família de baixa renda, negro, que trabalha duro e não recebe o suficiente para pagar as dívidas no fim do mês. Se somarmos a isso o fim de um casamento, perdas materiais e de liberdade, entenderemos um pouco melhor quais foram os problemas que Chris Gardner precisou superar junto com o seu filho, o pequeno Christopher, de apenas cinco anos de idade. 

Só de sobreviver a todas as dificuldades que tiveram, já é motivo de sobra para que o pai e o filho pudessem comemorar. Entretanto, quando se trata dos Gardner, essa comemoração vem com um gosto a mais. A nobreza, a fortaleza e a dignidade com que Chris enfrentou cada momento, e a fé que manteve durante todo o processo, principalmente, nos momentos mais difíceis, são verdadeiros feitos heróicos. De sem-teto que dormia na rua a grande profissional de Wall Street e empresário milionário, a história de Gardner não é só um exemplo de vida, mas também uma prova de que as circunstâncias não determinam o indivíduo.

Como apontamos, a infância de Gardner não foi nada fácil. Entre os seus maiores desafios estão a violência vivida no seu bairro e a ausência de uma figura paterna. Porém, mesmo em um meio que não favoreceu suas maiores qualidades, o espírito humano e suas virtudes conseguiram superar as circunstâncias. Mesmo assim, não foi uma trajetória fácil e muito menos rápida. O ponto de virada na vida de Chris ocorreu somente nos anos 1980, quando o empreendedor tentava arranjar um emprego na bolsa de valores. Com quase 30 anos e pouca experiência – para não falar nenhuma – no ramo, Chris começou como estagiário na corretora de ações Dean Witter Reynolds. É nesse momento que conseguimos ver as suas principais virtudes. Dotado de uma sagacidade rara, Gardner aproveitou as poucas oportunidades que teve, fazendo de cada janela uma porta larga para alcançar os seus sonhos. Além da persistência, o jovem empreendedor também possuía uma sede de aprendizado, sorvendo assim todo o conhecimento que os corretores mais experientes lhe davam.  

Antes de chegar a corretora, Chris exerceu diversos ofícios, todos para sustentar sua família. Ainda assim, nosso herói precisou lidar com o fim do casamento, encarar a prisão devido a multas de trânsito, foi despejado do local onde morava, precisou se alimentar em abrigos e casas de apoio a pessoas em condição de rua; e ainda assim teve de tentar, em meio a todo esse caos, mudar de vida, sendo exemplo para o seu filho. Frente a um contexto tão difícil, é admirável o espírito e resiliência desse homem, pois sabemos que não é fácil passar por tantas provações e ainda assim se erguer, tal qual uma fênix, para renascer e chegar ao sucesso. Não falamos aqui do sucesso material, que talvez seja o mais simples de alcançar, mas o de não se render à pressão de trair a si mesmo e seus valores. Sempre com a cabeça erguida e uma força interna descomunal, Chris enfrentou as provas de sua vida com honra e coragem, superando-as com grande dignidade.

Outro ponto que queremos destacar dessa brilhante história de superação é que, ao chegar em seu estágio, Chris rapidamente demonstrou desenvoltura para o trabalho. Não por acaso, em poucos anos abriu sua própria empresa, a Gardner Rich & Co. Isso ocorreu em 1987, e então o jovem que não conseguia pagar seu aluguel e morava em abrigos passou a conquistar o mundo a partir do seu trabalho altamente competente. Essa poderia ser apenas mais uma história de superação, mas os percalços que Chris passou o colocam em um patamar de verdadeira dignidade humana, tornando-se um grande exemplo para todos que se encontram desmotivados ou mesmo desesperançosos com a humanidade. 

Diante de tudo que apresentamos até aqui, várias lições podem ser tiradas da biografia de Chris, dentre elas, o exemplo de determinação desse homem, que lutou pelos seus sonhos. Ele podia ser medíocre, podia ser amargurado pelo seu passado… Podia, acima de tudo, responsabilizar todos pelos percalços de sua vida. Entretanto, ele escolheu assumir a direção da sua caminhada e extrair dos fatos mais dolorosos as experiências necessárias para construir uma caminhada de superação, inclusive superação de si mesmo. Quando Chris Gardner escolheu assumir o controle de sua vida e focar no seu sonho de dar uma vida mais digna ao seu filho, ele não só fez um bem para si mesmo e para sua família, mas também nos presenteou com a prova de que não existe impossíveis, mas, sim, impossibilitados em determinado momento. 

Pesquise sem sair da publicação

Artigos mês
fevereiro 2024
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829  
Siga o nosso instagram

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, de acordo com a nossa Política de privacidade . Ao continuar navegando, você concorda com o uso de cookies.

Escute músicas enquanto navega em nosso site.