Tempo de leitura: aproximadamente 3 minutos

Esta série do Netflix é baseada no livro que foi um sucesso mundial em 1908, “Anne de Green Gables”, escrito por L.M. Montgomery. Tudo se passa no Canadá, na Província de Ilha do Príncipe Eduardo, são terras extremamente rurais, onde se vive das colheitas e da criação de gado nas fazendas da região.

A história começa quando os irmãos Cuthbert, que já tinham idade avançada, tomam a decisão de adotar um menino para lhes ajudar nos afazeres da fazenda, e recorrem à um orfanato pedindo que lhes envie o garoto. No entanto, são surpreendidos com a chegada de Anne, uma menina que não para de falar um só minuto, magrinha, ruiva, com o rosto cheio de sardas e uma bagagem de vida que surpreende a todos por onde ela passa. Assim que chega, Anne é rejeitada por Marilla e Matthew Cuthbert à ponto de devolverem a garota, mas Anne não é uma menina comum, ela tem uma mente geniosa, é brilhantemente inteligente e conquista a simpatia dos dois senhores, conseguindo permanecer na fazenda e posteriormente recebendo também o sobrenome “Cuthbert”.

A História da vida de Anne é envolvente. Cheia de traumas e rejeições, ela tem uma paixão sem tamanho por livros, histórias, poesias, literaturas e dramaturgias. Os interesses de Anne são totalmente opostos aos interesses de todos da sua idade. O ingresso de Anne na escola e o universo de descobertas da sua vida de garota órfã que acaba de ganhar uma família, é recheado de desafios, pois inúmeras vezes o seu passado vem à tona, e lidar com todas as transformações da sua vida fazem com que ela assiduamente se questione sobre o seu próprio posicionamento diante das situações e sobre os preconceitos da sociedade. Em tempos que o questionamento não existia, em que todas as garotas precisavam obrigatoriamente arrumar um marido, Anne só queria brincar com sua imaginação e, aos poucos, seus pensamentos vão se tornando posicionamentos, e ela vai conseguindo mudar muitas coisas à sua volta. A série também tem um cunho político, pois retrata temas importantes para a sociedade, desde a adoção e os preconceitos que rondam este tema, a assuntos como o papel e a voz da mulher na sociedade.

Cada episódio da série é uma lição, quem já assistiu “Anne com E” com certeza aprendeu e refletiu sobre muita coisa. Para quem ainda não viu, a série está disponível na Netflix e, atualmente, passa por um embate sobre a sua continuação, já que a empresa de Streamer indica que não irá produzir uma nova temporada. Esta notícia deixou muitos fãs decepcionados, porém, independente do que virá no futuro, esperamos que a vida de Anne continue a nos inspirar, nos mostrando que muitas vezes a nossa imaginação pode nos ajudar a superar as dificuldades e a ver a Beleza que existe em todos os lugares. Basta estarmos dispostos a tratar tudo com delicadeza e enxergar a vida com outros olhos.

Pesquise sem sair da publicação

Artigos mês
março 2024
STQQSSD
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Siga o nosso instagram

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, de acordo com a nossa Política de privacidade . Ao continuar navegando, você concorda com o uso de cookies.

Escute músicas enquanto navega em nosso site.