Nova logo Portal Feedobem

Curta “Reflection” – A importância de escutar nossa Alma

Tempo de leitura: aproximadamente 3 minutos

Passamos a vida em uma busca incessante pela Felicidade. Na maioria das vezes, porém,  estamos tentando ser aceitos para fazer parte dos grupos que mais nos agradam. Em alguns casos, tais grupos nem nos agradam tanto assim, só queremos, na verdade, ter um sentimento de pertencimento, seja por carência ou para termos algum tipo de validação social. Tentamos a todo custo ser “o cara legal”, o mais popular, o “queridinho” da turma, e na ilusão de que esse pertencimento nos dará as condições necessárias para encontrarmos a verdadeira Felicidade, deixamos de procurá-la no único lugar onde ela reside: em nós mesmos.

O curta “Reflection”, produzido pela “TheCGBros” e roteirizado por Hannan Park apresenta muito bem essas questões. A animação nos mostra uma garota que gosta de jogar Hockey, porém, isso não a torna popular em sua escola. A bem da verdade, ela é perseguida e é alvo de chacota entre seus colegas. A pressão social em busca de aceitação leva a jovem garota a tomar medidas drásticas e a largar o seu esporte preferido, porém, nem tudo está perdido. Sua Alma, que tenta comunicar-se com ela, passa a resgatá-la dessa armadilha e a mostrar quem ela realmente é.

                                                                                                                                                              

A animação nos convida a refletir sobre quando perdemos o contato com quem realmente somos, coisa que não é muito difícil de acontecer, e passamos a tentar nos preencher com qualquer coisa que nos dê algum suporte emocional. O consumismo, os prazeres materiais, as ostentações ou qualquer outra distração nos dão a sensação, ainda que momentânea, de que estamos sendo felizes. Esse estilo de vida nos leva a acreditar que para alcançarmos um estado de Plenitude devemos usufruir dos objetos e das pessoas, nos fazendo concluir que, no fundo, a Felicidade em si não existe. Acabamos perdendo nosso precioso tempo com as futilidades que acreditamos precisar para sermos “alguém”. Damos mais valor ao nosso carro, às nossas roupas, às nossas posses em geral, e esquecemos de nos desenvolvermos enquanto Seres Humanos.

Nos apegamos tão fortemente às aparências e com elas a ideia de que devemos satisfação a todos que, no final, esquecemos de quem realmente somos, e que precisamos de muito pouco para estarmos completos e aptos à sermos Felizes. Por não refletirmos sobre essas questões, acabamos nos submetendo a levar uma vida vazia, empenhados em aparentar para todos ser o que nós mesmos não temos certeza de que somos.

Nossa verdadeira Identidade está para além dos nossos atributos e características físicas, posses, etnias, crenças, classe social, etc. Cada um de nós tem uma Essência, ou “A” Essência Divina que nos eleva cada vez que com ela nos alinhamos. Todas as culturas nos ensinam isso, mas até mesmo o Indivíduo que se diz descrente ou materialista pode perceber quando está em paz, que essa Harmonia não vem de fora, ou seja, dos objetos que possui, mas sim de dentro dele mesmo. 

Por isso, é fundamental observarmos com bastante atenção o que realmente nos faz vibrar, compreendermos a razão dos nossos  risos e de nossas lágrimas, pois assim poderemos diferenciar nossos momentos de alegria e de tristeza, além de estarmos nos autoconhecendo para buscar uma Harmonia Interior. Todas as vezes que nos conectamos, ainda que momentaneamente, com a nossa Essência, nos sentimos completos e podemos experienciar a Paz. 

Por fim, tal qual no curta, se buscarmos respostas em nós seremos capazes de resgatar nossos verdadeiros Valores e viver conectados com o que somos de fato, sem estarmos escravizados por modelos sociais. Que possamos fazer nossa Alma, que dorme silenciosamente em nós, ser desperta e expressar-se em nossas Vidas. 

                                                                                                                                                                               

Compartilhe com quem você quer o bem

MENU

Siga nossas redes sociais

Ouças nossa playlist enquanto navega pelo site.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, de acordo com a nossa Política de privacidade . Ao continuar navegando, você concorda com o uso de cookies.