Tempo de leitura: aproximadamente 5 minutos


Já imaginou um conceito de hospital inspirado na natureza? Leitos cercados por verde, por pássaros e ar fresco? Já pensou num espaço onde as pessoas possam tratar as suas enfermidades e ao mesmo tempo possam também conviver e se integrar a ideias de sustentabilidade? Acredite! Isso não é ficção, já existem experiências no mundo sendo executadas dentro dessa proposta. Um exemplo disso é o Khoo Teck Puat Hospital (KTPH) que começou a funcionar em 2010 em Cingapura. Um hospital composto por três blocos, com seus tetos cultivados por hortas, pomares e árvores frutíferas, das quais as frutas e vegetais são utilizados para as refeições dos pacientes. Os quartos dos enfermos são voltados para um bonito e verde pátio central, onde reúne mais de 70% das plantas nativas, inclusive, algumas já em extinção.

O sucesso do projeto se deve a combinação de conhecimentos médicos aliados a sofisticados padrões de atendimentos personalizados, tudo isso sendo promovido dentro de um ambiente de pura conexão com a natureza. Entretanto, o Khoo Teck Puat Hospital só foi possível, graças a empresa de design CPG Corporation que recebeu a missão de criar um projeto de hospital que não tivesse a “cara” de um hospital e, para desenvolvê-lo, os profissionais criaram um ambiente integrado a natureza tendo como ideia principal a promoção da cura a partir do contato com o verde.

Reintegrar os indivíduos à natureza para curá-los de suas desordens mentais, psíquicas ou físicas é o mesmo que reconhecer que há uma relação profunda entre o Ser Humano e o meio ambiente que o cerca. Assim, o ponto de partida e a estratégia utilizada pelos profissionais, nos faz lembrar da Unidade que existe entre os seres e seu habitat. Ou seja, tudo está interligado e o que afeta a Natureza afeta também ao Homem, e vice-versa. A Unidade é um dos Valores mais antigos para todos os Indivíduos, na verdade, é uma máxima vital e muito válida para a nossa experiência em sociedade durante todo o nosso processo Humano. Uma vez que não compreendamos isso, tendemos a sofrer grandes estados de angústias, pois ninguém vive só, por isso que a Fraternidade Universal sempre foi uma meta Humana.

Segundo algumas tradições culturais antigas, como a grega, a egípcia ou mesmo a mesopotâmica, a condição de se tornar um Indivíduo dependia não só da sua consciência coletiva, mas de sua integração com a Natureza, pois para esses povos tudo estava conectado à Lei da Vida. Portanto, compreender a real necessidade gregária dos demais semelhantes e entender que faz parte de uma Humanidade, que é parte integrante da Natureza, permite ao Indivíduo ocupar o seu papel no espaço, conferindo-lhe um Sentido de Vida e, consequentemente, uma Harmonia consigo, com o outro e com todo o ambiente a sua volta. Daí surge o conceito de Plenitude e de uma Vida Saudável.

Mas, o que é saúde e quando podemos falar em um Indivíduo Saudável? A saúde deve ser entendida como um estado de Harmonia entre todos os planos que compõem o Indivíduo, sejam eles mental, emocional ou físico. Portanto, uma pessoa saudável é um Indivíduo que vive um estado harmônico não só dentro de si, mas com todo o seu entorno. O próprio termo defendido pela OMS – Organização Mundial de Saúde nos afirma que o conceito de saúde vai estar diretamente ligado a um estado de completo bem-estar físico, mental e social. Consequentemente, a palavra doença deverá ser entendida como qualquer perturbação desse bem-estar ou dessa Harmonia.

Todavia, partindo dessa percepção, todos nós estamos doentes ou enfermos porque vivemos em uma completa desarmonia entre quem somos e quem deveríamos ser sob a ótica Humana, o que consequentemente, nos causa fragmentações e vários estados de sofrimento. Não é tão difícil constatar isso na prática, basta a gente prestar atenção aos altos índices de estresse e ansiedade no qual vivemos. Um outro exemplo que pode ser citado é a crescente procura por atendimentos psiquiátricos e demandas terapêuticas, além do crescimento e do faturamento vertiginosos de farmácias nas últimas três décadas.

A medicina chinesa afirma que o corpo apenas somatiza os problemas de ordem mais sutil, assim como um grande outdoor, estampando em letras garrafais para chamar a nossa atenção para o que está acontecendo internamente. Portanto, se saúde é a Harmonia dos nossos corpos físico, emocional e mental, fica subentendido que doença é a afetação dessa Harmonia.

Adoecemos porque vivemos de forma antinatural a nossa Condição Humana. Acostumamo-nos aos vários esquemas artificiais adquiridos a partir das nossas experiências culturais e sociais que, por vezes, vão nos desumanizando e nos levando a viver apenas elementos instintivos da sobrevivência. Viver apenas pela sobrevivência é antinatural e nos confisca a nossa Condição Humana. Sob essa ótica não nos diferenciamos dos demais seres. Vale ressaltar, que diferente dos animais, o Homem possui uma razão que pode organizar, elaborar e criar ideias, mas, ao invés disso, muitas vezes, escolhe só reproduzir os pensamentos e as ideias já existentes. De posse da razão os Indivíduos podem desenvolver sentimentos profundos, mas em vez disso, deixamo-nos dominar pelas emoções mais densas e, em geral, egoístas.

Diante de tudo isso, sem referências e perdidos na nossa própria Saga Humana, cada um de nós vai acumulando as falsas personalidades de acordo com o que nos é mais conveniente. O problema é que vamos massificando o que pensamos, o que sentimos e o que fazemos, perdendo com isso a nossa Identidade Humana. Sem posse de nós mesmos caímos numa completa anomalia, onde tudo é permitido, inclusive ações que podem comprometer a nossa dignidade, para preencher o vazio de nós mesmos.

Por fim, diante do cenário citado, só existe um caminho, recobrar a nossa Consciência Humana e nos curar das várias patologias mentais e emocionais que foram se instalando em nossa mente e em nossas emoções, antes que esses padrões e formas comportamentais comprometam o nosso físico, através das diversas formas de doenças. Acreditar que as doenças nascem, se desenvolvem e se findam em nosso físico é o mesmo que acreditar que o problema de infiltração de um determinado telhado tem a ver, somente, com a poça de água que as gotas formam e não com o telhado que precisará ser recuperado ou trocado. Assim, urge a necessidade de voltarmos a Harmonizar a nossa mente, os nossos sentimentos e as nossas ações para resgatar a nossa Condição Humana. É vital ao Ser Humano retornar ao lugar que lhe compete dentro do esquema da Natureza para que com justiça possa usar a sua razão não para potencializar os seus instintos e debilidades, mas para fortalecer os nossos Valores e Virtudes Humanas. Pois, certamente, se ocuparmos o nosso lugar enquanto Humanidade, venceremos toda e qualquer patologia física porque estaremos atuando na prevenção.

Pesquise sem sair da publicação

Artigos mês
abril 2024
STQQSSD
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930 
Siga o nosso instagram

Compartilhe com quem você quer o bem

Talvez você goste também

Deixe um comentário e faça parte da conversa!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ouças nossa playlist enquanto navega pelo site.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, de acordo com a nossa Política de privacidade . Ao continuar navegando, você concorda com o uso de cookies.