Tempo de leitura: aproximadamente 4 minutos

O nosso calendário de celebrações e datas comemorativas tem espaço para todas as tribos, gostos, filosofias e estilos. Partindo disso, no dia 25 de maio não poderíamos esquecer o “Dia do Orgulho Geek”. É possível que você nunca tenha ouvido falar nesta data, nunca tenha comemorado ou mesmo nem saiba o que significa, mas é provável que você faça parte da turma dos Geeks. Se você é daquelas pessoas que está sempre procurando as últimas novidades do mercado tecnológico, se fica atento aos últimos modelos de lançamento do Iphone e adora comentar sobre as últimas funcionalidades que este ou aquele aparelho de celular possuem, você é um Geek. Por outro lado, se você adora games, computadores, RPGs, livros de fantasia e de ficção científica ou ainda é fã de animes, mangás, séries de TV e acompanha, ou não perde, uma série das plataformas virtuais streaming, parabéns, pode comemorar o seu dia porque você faz parte da tribo Geek também.

O dia 25 de maio foi escolhido para ser o “Dia do Orgulho Geek” por remeter-se à estreia de “Star Wars, uma nova esperança”, ou também conhecido como o episódio IV da franquia. O filme, o primeiro dos nove episódios, foi para as telas de cinema em 25 de maio de 1977, mas somente em 2007 se estabeleceu o primeiro “Dia do Orgulho Geek”. Seu precursor foi um jovem chamado Tim McEachern, que organizou por três anos, em um bar em Nova York, esse evento. Aos poucos a tradição de comemorar o 25 de maio foi crescendo e hoje é uma febre mundial. Para além da referência a “Star Wars”, outros temas da Cultura Nerd se juntam para ser razão de celebração no dia 25 como, por exemplo, o dia da toalha, que é uma referência ao “Guia do Mochileiro das Galáxias”, de Douglas Adams.  

Mas, afinal, o que é ser Geek?

A palavra “Geek”, assim como a palavra “Nerd”, tem um significado próximo à palavra portuguesa “cafona”, a qual, associamos a uma pessoa fora de moda ou ultrapassada. Porém, se tem uma coisa que os seguidores desse grupo não estão é desatualizados das últimas tendências. Por hora, até estão criando estilos e ditando moda em vários segmentos. A Cultura Geek tem se colocado cada vez mais como uma forte tendência social, conhecida por alguns como uma evolução da Cultura Nerd, que, até pouco tempo atrás, era vista como uma série de pessoas tímidas, solitárias e antissociais. Atualmente, entretanto, os adeptos da Cultura Geek atuam sempre em grupos influenciando opiniões através dos espaços virtuais como blogs, sites, canais e buscando sempre disponibilizar as últimas novidades e entretenimentos entre os amigos.

Composto em sua maior parte por jovens, não é tão difícil encontrar os seguidores do Geek por aí, basta uma passagem rápida pelos shoppings ou praças, ou até mesmo nos grandes fóruns e debates virtuais para reconhecê-los. Muitos têm o hábito de passar noites em claro para serem os primeiros a terem acesso a convites de shows, baixar novas temporadas ou comprar os últimos eletrônicos lançados pelo mercado. Mas, o que está por trás de toda essa energia juvenil tão bem aproveitada pelos setores de seguimento e consumo? O que faz com que alguns jovens busquem tanto o “novo” e nunca estejam satisfeitos com o presente?

Vale lembrar que a juventude é um período na vida do Indivíduo em que há uma necessidade de se auto afirmar, de se reconhecer e de participar ativamente na sociedade. Cada Indivíduo, portanto, busca uma forma para canalizar essa Força Vital. Alguns por meios políticos, outros pelas Artes, outros ainda, pelo domínio das tecnologias necessárias no seu contexto social. Se no passado esse grupo se destacava pela negação e isolamento social ao seu meio, hoje, os “Nerds” e “Geeks” se evidenciam pela sua auto afirmação dos valores tecnológicos, que em última instância, são valores muito caros à nossa sociedade.

Um outro detalhe importante quando se olha os Geeks ao longo dos últimos trinta anos é o poder que possuem quando atuam juntos. Quando, por exemplo, aparecem ou participam de um evento em grupo normalmente chamam a atenção pelo seu impacto no mercado, seja esgotando os ingressos de um filme, de um show ou mesmo esgotando a edição de um livro. Para além disso, numa sociedade na qual o ritmo das novas tecnologias são a característica mais preponderante, talvez ser uma pessoa com gosto pelo “novo” e que saiba usar todos esses recursos de última geração ao seu favor garanta uma vantagem fundamental dentro das relações sociais. 

De modo geral, os Geeks, assim como os outros grupos sociais, apenas refletem, entre outras coisas, as nossas necessidades por uma participação mais ativa na sociedade. Existe, portanto, uma necessidade vital por se sentir pertencente a algo e por perceber que pode-se construir alguma coisa a partir do lugar de onde se está, independente das peculiaridades de cada um.

 Essa necessidade não é só dos Geeks, mas de todos nós que, por alguma circunstância, buscamos nos definir ou reforçar a nossa Identidade através das nossas roupas, dos nossos acessórios, dos nossos gostos ou dos lugares que frequentamos. No fundo, buscamos uma Identidade Interior, algo pelo qual possamos construir os nossos pilares, sem precisar removê-los a cada novo estilo oferecido pelo mercado. Então, que possamos comemorar esse 25 de maio refletindo sobre quem somos para além dos nossos gostos pessoais… Que possamos entender que o que nos define deve estar acima dos nossos bens de consumo ou habilidades técnicas. E que certamente, podemos influenciar ou impactar o mundo e as vidas das pessoas quando buscamos ser o mais autêntico da nossa Essência Humana.

Pesquise sem sair da publicação

Compartilhe com quem você quer o bem

Talvez você goste também

Deixe um comentário e faça parte da conversa!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ouças nossa playlist enquanto navega pelo site.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, de acordo com a nossa Política de privacidade . Ao continuar navegando, você concorda com o uso de cookies.