Tempo de leitura: aproximadamente 4 minutos

Você já agradeceu a vida que tem e todas as suas conquistas realizadas? Já chegou a agradecer pela sua família, por ter um lugar onde possa morar e chamar de lar? Já agradeceu pela alimentação de cada dia, pelos amigos que te rodeiam e pelo gozo da saúde? Não?! Mas já percebeu que tem vários motivos para ser grato, não é mesmo? Então, comece agora a fazer a lista das coisas pelas quais você possui e tem um sentimento profundo de gratidão, certamente, irá se sentir bem melhor consigo mesmo e com os demais.

Estudos recentes demonstram a importância da gratidão para a nossa vida, nos quais os seus resultados apontam vários benefícios para a saúde física, psíquica e mental das pessoas. Um bom exemplo disso foi a pesquisa divulgada na matéria intitulada “Por que sentir gratidão faz bem à saúde”, escrita por Michael Mosley da série “Just One Thing”, da BBC, em 2021. Centenas de estudantes foram entrevistados e os resultados mostraram que, os alunos ao fazerem uma lista de gratidão durante algumas semanas, passaram a se sentir melhor consigo mesmos e com o mundo a sua volta.

Os entrevistados e o grupo de controle foram acompanhados durante um período e o que se constatou foi que eles ao adotarem uma postura de gratidão aumentaram ou incluíram a prática de exercícios físicos, além de elevarem a sua taxa de felicidade, reduzindo com isso o número de doenças. Ainda segundo a matéria da BBC, em estudos semelhantes e metodologias próximas, alguns pacientes com histórico de doenças neuromusculares passaram a relatar uma redução significativa de suas dores e melhoria na qualidade do sono. Embora nem todos os resultados sejam positivos, esses estudos nos possibilitam aprofundar ainda mais as questões entre o funcionamento do cérebro e uma postura positiva diante da vida.

Para Fuschia Sirois, pesquisadora britânica da Universidade de Sheffield, a gratidão, assim como a compaixão, tem um papel importantíssimo no restabelecimento de nossa saúde tendo em vista os seus benefícios em situações de estresse contínuo.

Estudos realizados pela “psicologia positiva” nos Estados Unidos expressam que a gratidão faz parte dos eventos positivos que influenciam a vida dos indivíduos. Tal sentimento ajuda as pessoas a canalizar as emoções como a felicidade, alegria, inspiração e o amor. Ainda segundo alguns especialistas, a gratidão possibilita experimentar bons sentimentos e boas experiências, melhorando assim a nossa saúde e a nossa qualidade de sono no dia a dia. E isso se deve a reprogramação que o cérebro sofre com efeitos duradouros, provocando as várias mudanças benéficas em nosso corpo.

Basta realizarmos uma lista diária de coisas pelas quais somos gratos, que com o passar do tempo o exercício de pensar positivo pode nos tornar pessoas essencialmente agradecidas e com uma postura ativa diante da vida, e não de vítima. Se você ainda não fez a sua lista, experimente e eleja duas ou três coisas diárias pelas quais gostaria de agradecer. A gratidão é uma postura que deveríamos adotar diariamente, na verdade, deveria ser um hábito para toda a vida. Pois, ela não tem contraindicação, pode nos livrar do mau humor de cada dia, pode nos ajudar a trabalhar contra o estresse, os pensamentos negativos e o espírito de crítica que nos persegue e nos impossibilita ter uma harmonia interna.

Entretanto, hoje, vivemos condicionados a hábitos nocivos a nossa psique, como por exemplo, estados de mau humor, formas mentais e pensamentos negativos que costumam sugar todas as nossas energias diárias, nos acometendo por altos índices de estresse, ansiedade e angústias. Mas, nada é mais nocivo do que o espírito de crítica comumente alimentado em nossa sociedade. Quando estamos imbuídos desse estado de espírito tudo é motivo para reclamar, nunca estamos satisfeitos e andamos lamentando por todos os lugares por onde passamos. Muitas vezes, nem chegamos a enxergar quaisquer pontos positivos, tudo se torna opaco, sem cores e passamos a buscar culpados para os nossos insucessos e fracassos. Além da insatisfação com o mundo, a crítica nos torna visivelmente mal-humorados, carrancudos e impacientes com as pessoas, por fim, acaba por nos isolar socialmente porque passamos a acreditar que nada e nem ninguém é suficiente o bastante para estar a nossa altura. A gratidão, ao contrário, ajuda as pessoas não só a sentirem emoções positivas, mas a experimentar boas experiências, além de ajudar a lidar com as adversidades e os dissabores que a vida nos traz. É a partir dessa postura diante da vida que aprendemos a nos construir e a conceber relacionamentos fortes e duradouros com os demais. Uma vez que pessoas que costumam ser gratas, conseguem manter um maior bem-estar em relação a si e aos outros.

Por fim, a ciência vem provando o que os grandes conhecimentos sobre a Humanidade já traziam como evidência ao longo das experiências humanas. A gratidão é um dos valores mais importantes de nossa vida. Vale lembrar que tal Virtude não é só questão de atitude, mas de um sentimento profundo que precisamos desenvolver ao longo de nossas vidas. Agradecer nos exige uma postura ativa diante da vida, nos pede responsabilidade diante do que pensamos, falamos ou fazemos. Os pequenos gestos diários, as sutilezas das palavras, a gentileza do toque, a generosidade ao doar-se a serviço de algo ou alguém, pode nos trazer saúde não só para o físico, mas para a mente e para a alma. É vital para cada um de nós reconhecer o valor e o poder das pequenas coisas, ou mesmo a beleza da simplicidade com que a vida expressa os seus atributos. Dentre todas as coisas que a Natureza nos ensina, a gratidão em forma de atitude é uma das mais belas. Sigamos os seus passos… 

Pesquise sem sair da publicação

Compartilhe com quem você quer o bem

Talvez você goste também

Deixe um comentário e faça parte da conversa!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ouças nossa playlist enquanto navega pelo site.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, de acordo com a nossa Política de privacidade . Ao continuar navegando, você concorda com o uso de cookies.