Frequentemente confundidos com buracos de minhoca, buracos negros são, na verdade, corpos no espaço que surgiram após a morte de uma estrela. Essa confusão acontece por causa da alta concentração de massa nessas regiões, que faz com que, nem mesmo a luz, consiga fugir da sua atração. Dessa forma, como nem os raios de luz saem desse corpo, o que se vê é uma grande área negra (que lembra um buraco). Isso faz com com que leigos confundam com um buraco de minhoca, onde tudo o que entra, sai em outra região do espaço-tempo. No entanto, até onde se sabe, um buraco negro é um corpo, uma massa, e não um buraco.

Como não somos cientistas, deixemos que você assista a essa explicação detalhada e de fácil compreensão, produzida pelo canal Nerdologia. Nele, você verá como buracos negros surgem, do que são feitos e, até mesmo, o que aconteceria se um corpo humano fosse ao seu encontro. E, acredite, você não quer conhecer um buraco negro de perto.

Como pudemos ver no vídeo acima, buracos negros possuem uma espantosa capacidade de atrair todo tipo de matéria para o seu centro e, de lá, nada escapa, nem mesmo a luz. Tudo o que é puxado por ele transforma-se, imediatamente, em nada. Simplesmente deixa de existir e, dependendo da composição do corpo atraído, antes de juntar-se ao grande “nada”, é destruído, sendo dividido pela metade, milhares de vezes.

Apesar de serem altamente destruidores, não devemos nos preocupar com buracos negros, pois o mais próximo da terra encontra-se na constelação de Unicórnio, a 3 mil anos luz de distância. É mais fácil sermos atingidos por outro meteoro, como aquele que levou os dinossauros à extinção, do que sermos atraídos por esse na constelação de Unicórnio. Em compensação, há, sim, um tipo de buraco negro capaz de colocar a humanidade em risco.

Este buraco negro que pode afetar a humanidade nasce milhões de vezes ao dia, em milhares de lugares diferentes da Terra, em todos os continentes, a qualquer hora. Mas, diferente dos que nascem no espaço, que surgem após a morte de uma estrela, este a que estamos nos referindo nasce, geralmente, da morte de um sonho, ou de uma grande frustração.

Os buracos negros mais perigosos do Universo nascem dentro de nós, e atraem para si nossas maiores qualidades: nossa sabedoria, nossa alegria, nossa empatia e até mesmo nossa vontade de viver. Cada buraco provoca uma reação diferente, dependendo da pessoa na qual ele surgiu, e em quais circunstâncias. Alguns são silenciosos e altamente destrutivos, enquanto outros são estrondosos como um trovão, e afetam qualquer um que se aproxime. Estamos falando do desânimo, da falta de motivação, da descrença na vida e da falta de coragem de viver, que às vezes nos abate.

Se por um acaso você, que está lendo este texto, está com um buraco negro dentro de si, a primeira coisa que deve tentar fazer é parar de alimentá-lo. Procure afastar seu pensamento dos motivos que o fizeram nascer e, em seguida, busque ajuda. É possível fazer esse buraco negro evaporar e encontrar uma nova estrela dentro de você.

Pesquise sem sair da publicação

Artigos mês
fevereiro 2024
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829  
Siga o nosso instagram

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, de acordo com a nossa Política de privacidade . Ao continuar navegando, você concorda com o uso de cookies.

Escute músicas enquanto navega em nosso site.