Tempo de leitura: aproximadamente 2 minutos

Observando a nossa história, a história do Brasil, podemos refletir sobre o conceito de PROGRESSO e a partir disso trazer as lições dessa reflexão para as nossas vidas. Entende-se que “progresso” é o movimento de ir para frente, de progredir, de evoluir, de avançar, mas em que e quando devemos aplicar esse conceito?

Se fizermos uma rápida análise das nossas vidas, com certeza chegaremos à conclusão de que elas estão sempre em movimento. Agora devido a circunstâncias externas podemos ter a sensação de que estamos parados e talvez isso venha a nos incomodar. Mas, de fato nunca estamos parados pois somos, assim como tudo na Natureza, cíclicos e consequentemente em constante evolução, em constante progresso.

Contudo, especialmente hoje no “DIA DO ÍNDIO”, propomos uma reflexão diferente das que habitualmente fazemos.

Geralmente quando pensamos em “progresso” na sociedade, pensamos em grandes cidades com tecnologias avançadas. Mas, será que uma sociedade que cresce de forma harmônica, respeitando a Natureza e todos os Seres que nela vivem, não é também uma forma de “progresso”? Não podemos negar que ao longo dos séculos o nosso “progresso” tecnológico melhorou muito a vida de muitas pessoas, mas será que não estamos precisando resgatar um pouco da Sabedoria dos povos indígenas, que viviam aqui muito antes da chegada dos europeus, para progredirmos de forma mais sustentável e equilibrada?

Compreendermos que cada Cultura guarda uma forma única de perceber o mundo, certamente é o primeiro passo para entendermos como podemos evoluir integrando todas as formas de Sabedoria. Dessa forma, talvez possamos continuar progredindo com cidades cada vez mais modernas, mas também com mais Harmonia e Respeito à Natureza.

Como diria o empreendedor e engenheiro mecânico americano Henry Ford: “O passado serve para evidenciar as nossas falhas e dar-nos indicações para o PROGRESSO do futuro.”

Ótima semana!

Compartilhe com quem você quer o bem

Ouças nossa playlist enquanto navega pelo site.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, de acordo com a nossa Política de privacidade . Ao continuar navegando, você concorda com o uso de cookies.